O projeto do PrefBook foi apresentado pelo secretário em reunião com empresários na sede da ACI, na qual Mello Corrêa fez um balanço da atuação da Secretaria de Gestão Administrativa e Finanças nos dois primeiros anos do governo Felício Ramuth (PSDB). O encontro foi em fevereiro.
Por ACISJC Em Noticias Atualizada em 28 MAR 2019 - 13H00

Prefeitura de S. José lança “PrefBook”, a página do cidadão

Ferramenta vai possibilitar acesso ao cadastro do munícipe, reduzindo filas, burocracia e uso de papel na administração pública

Que tal ter acesso pela internet a todas as informações relativas a você ou a sua empresa junto à Prefeitura de São José dos Campos, evitando filas e ajudando a reduzir a burocracia? E, que tal, pela mesma ferramenta, checar seu cadastro, corrigir informações, verificar eventuais dívidas e dar entrada, on-line, em processos administrativos?

Isso está muito perto de virar realidade.

Está em fase final de testes pela Prefeitura de São José dos Campos a Página do Cidadão, ou, como o sistema é tratado informalmente, o PrefBook, o Facebook da Prefeitura –um Portal para que o cidadão acesse todo os serviços para os quais possua cadastra. Nele, cada cidadão terá uma página, com acesso às mais diversas informações que existem hoje na base de dados do município. A partir de uma senha inicial fornecida ao cidadão, o acesso aos dados gerais vai se dar por meio do CNPJ ou pelo CPF da empresa, se ele estiver linkado ao CNPJ original da página. A ferramenta já tem data de estreia: 2 de abril, após dois meses de testes.

“É a tecnologia facilitando a vida do cidadão”, disse o secretário municipal de Gestão Administrativa e Finanças, José de Mello Corrêa.

Para o secretário, esse sistema representa uma quebra de barreiras, além de um passo importante para a transparência e para a simplificação do sistema administrativo da Prefeitura de São José dos Campos. Além da redução de papel. “Caso o CNPJ de uma empresa estiver conectado ao CPF do munícipe, o empresário poderá controlar pelo PrefBook eventuais dívidas da empresa com o município, pagamento do IPTU e gerenciar cadastros”, disse Mello Corrêa.

O projeto do PrefBook foi apresentado pelo secretário em reunião com empresários na sede da ACI, na qual Mello Corrêa fez um balanço da atuação da Secretaria de Gestão Administrativa e Finanças nos dois primeiros anos do governo Felício Ramuth (PSDB). O encontro foi em fevereiro.

Serviços

Unir tecnologia e quebrar paradigmas de gestão tem sido uma aposta eficiente da Prefeitura de São José dos Campos. Um resultado disso é o projeto Cidade Inteligente. “Em um curto espaço de tempo vamos passar de 400 câmeras de monitoramento para 1.000 câmeras, mais modernas, e pelo mesmo custo, R$ 1,9 milhão por mês. O segredo? Mudamos o processo de compra. Ao invés de comprarmos equipamentos, que logo se tornam defasados, em razão da evolução da tecnologia, passamos a comprar serviços”, disse.

Serviços de câmeras, serviços de análise de placas de veículos ou de análise de face, serviços de alarmes perimetrais, aumentando a segurança da cidade.

“Uma cidade mais segura é boa para o cidadão e para as empresas aqui instaladas. É uma cidade segura para todos”, afirmou o secretário. A licitação atual do Cidade Inteligente foi paralisada pelo TCE, em razão de um recurso de uma empresa. Mello Corrêa acredita que, em breve, a licitação será retomada.

Investimentos

Tornar São José dos Campos mais atrativa aos investimentos é uma das metas da Secretaria de Gestão Administrativa e Finanças.

Essa tarefa passou pelo controle das contas da Prefeitura, herdadas da gestão anterior com um “rombo” de mais de R$ 300 milhões e atraso no pagamento de fornecedores. “Hoje todos os pagamentos estão em dia, a Prefeitura retomou o investimento em obras, o transporte funciona, foi retomada a manutenção da cidade. Tudo isso, somado, faz com que São José dos Campos volte a ser atrativa para o investimento privado.”

Outro fato positivo foi a mudança da Sala do Empreendedor, transferida para a Secretaria de Urbanismo. Houve um ganho na rapidez dos processos. Com isso, o tempo médio de abertura de uma empresa em São José dos Campos passou de semanas a, em media, 48 horas.

“Com Orçamento equilibrado e gestão eficiente, seguindo os princípios determinados pelo prefeito Felício Ramuth, a Prefeitura de São José dos Campos é hoje um exemplo na área administrativa”, afirmou o secretário.

Saiba mais, clique aqui



Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.