Por ACISJC Em Noticias

Região cria 2.861 empregos em 2018, o maior saldo desde 2013, aponta Caged

No acumulado do ano, os setores de serviços e comércio seguraram o saldo positivo da região, abrindo 3.447 e 1.145 novos postos de trabalho, respectivamente; destaques negativos foram para a indústria (-487) e a construção (-397)

A Região Metropolitana do Vale do Paraíba gerou 2.861 novos postos de trabalho em 2018, melhor saldo desde 2013, quando foram criados 4.711 empregos.

Entre os dois anos, a região só registrou saldo negativo de vagas: -3.210 (2017), -18.294 (2016), -24.526 (2015) e -4.981 (2014).

Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia nesta quarta-feira.

O resultado só não foi melhor pelo desempenho ruim da economia da região em dezembro, encerrando 2.060 postos de trabalho. Trata-se do pior resultado do ano e o terceiro mês de baixa nas vagas. Os demais foram junho (-1.016) e julho (-540).

Serviços, administração pública e indústria foram os setores da economia que mais cortaram empregos em dezembro, respectivamente -966, -903 e -868.

No acumulado do ano, serviços e comércio seguraram o saldo positivo da região, abrindo 3.447 e 1.145 novos postos de trabalho, respectivamente.

CORTES.

Os demais setores perderam vagas, destaque negativo para a indústria (-487), a construção civil (-397) e a administração pública (-341). Os outros foram agropecuária (-281), serviço industrial de utilidade pública (-177) e mineração (-48).

Matéria: OVALE

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.