Por ACISJC Em Noticias

Proprietário do Colinas Shopping, Ronald Levinsohn morre aos 84 anos

Ronald Guimarães Levinsohn é nome de referência em São José

Fonte: OVALE

Proprietário do Colinas Shopping, Ronald Guimarães Levinsohn morreu nesta segunda-feira (27) aos 84 anos. O empresário, considerado um dos maiores empreendedores de São José dos Campos, estava internado havia 11 dias no Rio de Janeiro com fibrose pulmonar.

Em nota, o shopping e familiares anunciaram a morte de Levinsohn com profunda tristeza. Ele partiu por volta das 8h25 no Hospital Copa Star, com falência múltipla de órgãos. O empresário deixa a esposa, Henriqueta, duas filhas, Cláudia e Priscilla, dois netos e três bisnetos.

VELÓRIO.

O velório será realizado no Memorial do Carmo, no Caju, Rio de Janeiro, nesta terça-feira (28), a partir das 10h. A cremação será às 13h.

HISTÓRIA.

Filho de imigrantes, Ronald nasceu na cidade do Rio Grande (RS), em outubro de 1935. Aos 17 anos, Levinsohn se mudou para os Estados Unidos, onde estudou Finanças. Após a graduação, já noivo de Henriqueta, com quem permaneceu casado até a morte, Ronald começou a investir na Bolsa de Valores de Nova York.

Ao retornar ao Brasil, também manteve investimentos no mercado financeiro e imobiliário. Em 1975, associado a Rodman Rockfeller, Levinsohn chegou a São José dos Campos, quando planejou o empreendimento imobiliário Cidade Vista Verde, na zona leste da cidade. Depois, vieram outros dois condomínios, Jardim Colinas e Jardim do Golfe, e o Colinas Shopping – que foi o primeiro shopping da cidade planejado como um mall desde a concepção do projeto.

Levinsohn também foi presidente do Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro, instituição educacional e filantrópica fundada em 1969 e que durante décadas foi um exemplo de excelência em ensino superior.

No agronegócio, é reconhecido em Formosa do Rio Preto, no Oeste da Bahia, pela contribuição ao progresso da cidade, com investimentos em infraestrutura, como estradas, tratamento de esgoto e energia elétrica, e pelo trabalho à frente do Condomínio Cachoeira do Estrondo, um dos maiores produtores de soja, milho e algodão do país. Em 2014, Levinsohn produziu o livro “Formosa do Rio Preto – Ontem e Hoje”, distribuído aos moradores da cidade.

REPERCUSSÃO.

O prefeito Felicio Ramuth (PSDB) lamentou a morte de Levinsohn.

"É com pesar que recebemos a notícia da morte do empresário Ronald Levinsohn, que desde a década de 70 acreditou no potencial de desenvolvimento de São José dos Campos, empreendendo no setor imobiliário e comercial com a criação do Vista Verde, Jardim Colinas, Jardim do Golfe e Shopping Colinas. Nossa solidariedade e sentimentos à família", disse.

A ACI (Associação Comercial e Industrial) também se posicionou.

"Levinsohn foi uma figura muito importante para o desenvolvimento econômico de São José dos Campos e que abriu muitas portas ao empreendedor joseense. Em nome de seus associados, a ACI de São José dos Campos externa seus sentimentos pela perda aos familiares e amigos de Ronald Levinsohn em nome da indústria, do comércio e do setor de serviços da nossa cidade", diz trecho de nota.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.