Por ACISJC Em Noticias Atualizada em 05 JUL 2019 - 13H39

Encontro de Exportadores e Importadores reúne empresários e lideranças do Vale

O evento reuniu 200 pessoas, entre empresários e lideranças classistas, no Auditório do Hyde Park, em São José dos Campos.

Adenir Britto
Adenir Britto



A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos promoveu hoje (4 de julho) o 1º Encontro de Exportadores e Importadores do Vale do Paraíba, com a presença de especialistas nas áreas de comércio exterior e logística. O encontro teve como foco debater estratégias que propiciem às empresas da Região Metropolitana do Vale do Paraíba uma inserção maior no mercado internacional.

O evento reuniu 200 pessoas, entre empresários e lideranças classistas, no Auditório do Hyde Park, em São José dos Campos.

Para o presidente da ACI, Humberto Dutra, o saldo do encontrou foi positivo. “A ACI entende que o acordo comercial entre União Europeia e Mercosul assinado no último final de semana além de ser um divisor de águas no comércio exterior brasileiro trará inúmeras oportunidades para a participação das empresas do Vale exportarem para 28 países que compõem o bloco europeu”, disse.

Ex-auditor da Receita Federal e um dos palestrantes do evento, Fernando de Almeida Tozzi destaca a importância do trabalho que vem sendo desenvolvido pela ACI na busca de um ambiente de negócios mais propício às empresas do Vale do Paraíba.

“O apoio da ACI é fundamental na disseminação da cultura exportadora do Vale visto a localização privilegiada em termos de logística de transporte de cargas, com destaque para ótima infraestrutura da sua malha rodoviária, a proximidade dos principais portos e aeroportos do país e um ramo ferroviário em conexão com vários Estados brasileiros.”

A Região Metropolitana do Vale se destaca na balança comercial de São Paulo com os municípios de São José dos Campos, Ilhabela, São Sebastião, Taubaté e Jacareí figurando entre os 12 maiores exportadores do Estado. Contudo, apenas 300 empresas da RMVale realizaram operações de exportação. A ausência das PMEs no comércio internacional mostra que há uma grande oportunidade para as empresas conquistarem novos mercados, mas isso também requer uma reflexão sobre as razões dessa participação tão baixa. Esse foi um dos focos do encontro.

Para José Eduardo Leal Rebouças, ex-auditor da Receita Federal e um dos palestrantes, há algumas razões para isso.

“Entre os motivos que afastam as PMEs do comércio internacional destaco falta de conhecimento dos procedimentos administrativos e aduaneiros, falta de compreensão dos benefícios fiscais e desconhecimento dos mecanismos de financiamento relacionados a exportação, além dos elevados custos logísticos.”

Realizado pela ACI, o 1o. Encontro de Exportadores e Importadores do Vale do Paraíba Produtivo teve patrocínio da Rebouças Consultoria Tributária, Pronave e RGC, com apoio do Citibank, Infraero, MRS Logística, Prefeitura de São José dos Campos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.