Noticias

Embraer vende fábricas em Portugal por US$ 172 milhões

Empresa Aernnova adquire unidades industriais da Embraer em Évora (Portugal) e assina acordo comercial com a empresa brasileira

Escrito por ACISJC

12 JAN 2022 - 16H44 (Atualizada em 20 JAN 2022 - 14H25)

A Embraer e a empresa espanhola Aernnova, referência internacional no fornecimento de aeroestruturas, anunciaram nesta quarta-feira (12) uma parceria estratégica para as unidades industriais da Embraer Metálicas e Embraer Compósitos, no Parque Industrial Aeronáutico de Évora, em Portugal.

O acordo contempla a venda de todas as ações das subsidiárias da Embraer à Aernnova, por US$ 172 milhões.

O acordo tem como objetivo aumentar a capacidade de produção dos centros de excelência, cuja operação tem importância estratégica para os produtos atuais e futuros da Embraer.

Com 37,1 mil e 31,8 mil metros quadrados, respectivamente, e empregando cerca de 500 pessoas, as instalações combinam as tecnologias mais avançadas na fabricação de aeroestruturas metálicas e de compósitos com um elevado nível de digitalização e automação dos processos produtivos.

Nas duas fábricas são produzidos, entre outros, componentes para asas e estabilizadores verticais e horizontais para programas aeronáuticos da Embraer, como os jatos executivos Praetor 500 e Praetor 600, as duas gerações da família de E-Jets de jatos comerciais e o jato multimissão KC-390 Millennium.

As unidades industriais de Évora serão os maiores centros produtivos da Aernnova no mundo.

Com os novos termos da parceira, a Aernnova assume a operação das fábricas industriais em Évora e, ao mesmo tempo, assegura o fornecimento para produção atual de aeronaves Embraer, aumentando a previsão de receitas de longo prazo da Aernnova.

O acordo reforça a posição da Aernnova como fornecedora de primeira linha para aeronaves de corredor único, avançando a posição da companhia nos mercados de aeronaves executivas e de defesa.

As atividades nas instalações industriais de Évora adicionarão cerca de US$ 170 milhões em receitas para a Aernnova. A capacidade das unidades industriais em Évora também permitirá a assinatura de novos contratos, seja com a Embraer ou com outros fabricantes.

“Estamos satisfeitos em anunciar essa parceria com a Aernnova, uma fornecedora de renome mundial em aeroestruturas. O acordo permitirá a ampliação dos níveis de ocupação nas fábricas de Évora e a diversificação da base de clientes, trazendo novas oportunidades de negócios”, disse Francisco Gomes Neto, presidente e CEO da Embraer.

“Esse acordo é um importante passo da nossa estratégia de otimização de ativos, que visa maximizar o uso de nossas unidades e melhorar a rentabilidade da companhia”.

Ricardo Chocarro, CEO da Aernnova, afirmou que “o acordo é mais um passo na estratégia de crescimento da Aernnova, que reforça ainda mais o status da companhia como uma líder global no design e na produção de aeroestruturas. Planejamos avançar ainda mais nas operações das instalações e estabelecer Évora como um modelo na fabricação de aeroestruturas, com o suporte técnico e comercial do Grupo Aernnova, que tem um compromisso duradouro no desenvolvimento de uma indústria aeronáutica mais sustentável e digital”.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.