Por ACISJC Em Noticias

Centro de São José precisa passar por revitalização, aponta comércio

Pesquisa OVALE/ACI em parceria com a Unitau mostra que 88,1% dos comerciantes e empresários de São José acreditam que região central precisa passar por processo de revitalização; 51,7% se sentem seguros no centro

Fonte: OVALE

Para 88,1% do comércio de São José dos Campos, a região central da cidade precisa passar por um processo de revitalização.

Destes, 32,7% creem que o centro precisa ser revitalizado em grande escala, e os outros 55,4% acreditam que seriam necessárias melhorias em pequenos pontos.

Os dados são da pesquisa OVALE/ACI (Associação Comercial Industrial), feita em parceria com a Unitau (Universidade de Taubaté), por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação).

No restante, 6,9% não souberam responder, 3,5% afirmaram que não seria necessária uma revitalização e 1,5% não responderam. O levantamento foi feito com 203 empresários e comerciantes de São José, em locais estratégicos: Calçadão, avenida Quinze de Novembro, e nos shoppings Center Vale e Vale Sul.

"É um desejo de todos. Grandes cidades estão buscando essas situações, e a população espera isso. Precisamos que os políticos se conscientizem que há essa necessidade, é muito importante", afirmou o presidente da ACI, Humberto Dutra.

O levantamento também mostra que 69,3% consideram "bom" ou "muito bom" a atenção que o governo dá ao centro, em termos de segurança e infraestrutura, ante 22,8% de "ruim" ou "péssimo".

Por outro lado, 51,7% se sentem totalmente ou parcialmente seguros no centro da cidade. Os que não se sentem, parcialmente ou totalmente, somam 40,3%.

A pesquisa também questionou os comerciantes, dessa vez apenas os do centro, se falta continuidade nos projetos de revitalização da região central da cidade -- como, por exemplo, o "Centro Vivo" de Eduardo Cury (PSDB) ou o "Novo Centro" de Carlinhos Almeida (PT), ambos cancelados nas mudanças de gestão: 43,8% acreditam que os projetos deveriam ser continuados de um governo para o outro, enquanto 29,2% creem que cada gestão precisa de um próprio projeto.

Prefeitura diz que faz novos estudos para continuar projetos da gestão Cury

Procurado pela reportagem, o governo Felicio Ramuth (PSDB) afirmou que desenvolve estudos para dar continuidade aos processos iniciados ainda na gestão Eduardo Cury (PSDB), que terminou em 2012. Segundo a prefeitura, esse processo tem "melhorias urbanísticas, ações culturais, de segurança, de gestão de resíduos, além de incentivos fiscais e urbanísticos que qualifiquem o uso e ocupação do Centro", e será discutido com a sociedade e o setor privado.

Além disso, o governo ainda elencou a nova lei de Zoneamento, que deve ser aprovada ainda este ano na Câmara, como uma das questões que pode beneficiar o andamento de novas intervenções.

"Este processo será conduzido [...] tendo como horizonte fortalecer o Centro como um local de convivência e apreciação de sua história, a integração dos meios de transporte e a priorização dos pedestres", diz o Poder Executivo, em nota..

Mais de 72% são a favor a retirar famílias da favela do Banhado

A pesquisa feita por OVALE e ACI, em parceria com a Unitau, também questionou os empresários e comerciantes sobre ser a favor da retirada das famílias que vivem na favela do Banhado, cartão-postal da cidade.

No total, 72,3% são favoráveis, totalmente ou parcialmente, enquanto 17,8% são contrários, também totalmente ou parcialmente. Outros 6,4% não souberam responder, 2,5% não responderam e 1% se declarou indiferente com a questão.

Desde o ano passado, a prefeitura tenta retirar as famílias que vivem na comunidade. O governo Felicio, inclusive, chegou a oferecer apoio para pagar aluguel em outro lugar, mas apenas 10% das famílias aderiram ao programa.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.