Por ACISJC Em Noticias

Campanha orienta 1.500 lojistas em 2 dias em São José

Em apenas dois dias, a campanha de conscientização da Prefeitura de São José dos Campos sobre as regras para retomada da atividade econômica alcançou 1.500 lojistas.

Já foram beneficiados com as orientações os comerciantes do calçadão, da região central e dos principais shopping centers.

Nesta quarta-feira (3), o mutirão está sendo realizado nos demais shoppings e nos supermercados que possuem lojas e galerias. Na quinta (4) e sexta (5), as equipes percorrerão os centros comerciais dos bairros.

A força-tarefa teve início na última segunda-feira (1º) e reúne 48 agentes orientadores que reforçam junto aos lojistas, comerciantes e clientes a necessidade de cumprir as medidas de higiene e de saúde estabelecidas pelo Plano São Paulo do governo estadual e regulamentadas por meio de decretos municipais.

O mutirão é formado por fiscais do DFPM (Departamento de Fiscalização e Posturas Municipais), agentes da Vigilância Sanitária, guardas civis municipais e funcionários de várias secretarias municipais. A equipe de educação ambiental da Urbam (Urbanizadora Municipal) também reforça o time.

Shopping centers

Após 72 dias, o comércio reabriu nesta semana com cuidados redobrados. Os maiores shopping centers da cidade adotaram uma série de medidas para garantir a saúde e a segurança do público e dos funcionários e evitar novos casos de contaminação pela covid-19.

Uma das principais medidas é a restrição nos dias e horários de funcionamento dos centros de compra, que passam a ser de segunda a sexta-feira, das 12h às 20h, sem abertura aos sábados, domingos e feriados.

Também foram implantadas ações como aferição da temperatura corporal na entrada, distância nas filas, redução do número de clientes nas lojas para evitar aglomerações e fiscalização constante dos seguranças para cumprimento das regras.

Foram disponibilizados ainda dispensers de álcool gel nos corredores e em vários outros locais e adotadas medidas como limitação da frequência a 35% da capacidade total de público, marcação de distância nas filas e diminuição da quantidade de portarias e estacionamentos para controle de acesso e de banheiros liberados para uso.

Por enquanto, ficam fechados locais onde normalmente há maior fluxo de pessoas, como as praças de alimentação; áreas de lazer, de jogos e de boliche; parques infantis, cinemas, teatros e similares, além de academias de ginásticas e os salões de beleza.

Retomada consciente

A manicure Eduarda Inocêncio, que tem 21 anos e mora no Jardim Augusta, na região central, foi ao CenterVale Shopping logo no dia em que o centro de compras reabriu.

"Fico feliz de poder voltar a frequentar os shoppings e animada por ver que todos estão tomando todos os cuidados e medidas de higiene e saúde", disse Eduarda.

A volta ao trabalho também motivou o superintendente do CenterVale, Gustavo Lima.

"É uma grande alegria e uma sensação muito boa e animadora poder reabrir o shopping."

O ânimo foi compartilhado pela gerente de marketing do Vale Sul Shopping, Luana Meneses.

"Estamos todos muito animados com a reabertura, mas com todos os cuidados que o momento exige. Como referência de consumo e de responsabilidade social, o Vale Sul tem este papel de educar e conscientizar as pessoas para que não haja retrocessos e seja necessário fechar de novo."

Imobiliárias e escritórios

Outros setores comerciais como imobiliárias e escritórios de contabilidade também retomaram suas atividades nesta semana, para alívio dos proprietários e clientes.

"A expectativa é muito positiva. No período de quarentena realizamos muitos negócios online, mas nada como o contato diário e presencial com os clientes. Vai melhorar para nós e para a população. Todos sairemos ganhando", afirmou Robson Martins, diretor comercial de uma imobiliária de São José.

O policial militar Gustavo Saar, 28 anos, e a esposa Rhaissa Santos, 30 anos, saíram de Jacareí para negociar a compra de um terreno na zona oeste de São José.

"Foi bom encontrar a imobiliária aberta e com todos os cuidados de higiene. Vai facilitar a vida de todas as pessoas, além de movimentar a economia de São José e da nossa região", disse Gustavo.

Quem também elogiou a retomada foi Juliana Reimão Dousseau, que tem 39 anos e é proprietária de um escritório de contabilidade na região central.

"Esta reabertura é de extrema importância para nossos funcionários e clientes. Já começamos a ter esperança de que as coisas vão voltar ao normal."

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.