Por ACISJC Em Pesquisas

ACI lança pesquisa com o perfil da mulher empresária da cidade

A mulher empresária de São José dos Campos é, em sua maioria, casada, tem de 45 a 55 anos, dois filhos e com instrução até o ensino médio. Mais importante: gosta de empreender e é apaixonada pelo que faz.

Esse é o resultado de uma pesquisa inédita que apontou o perfil da mulher empresária na cidade, feita pela ACI Mulher em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação da Universidade de Taubaté). Os dados serão divulgados na noite desta quarta-feira, 21 de março, durante a mesa-redonda “Liderança Feminina nas Empresas e nos Negócios”, promovida pela ACI Mulher no Teatro do Sesi, na região sul da cidade, a partir das 19h.

Realizado entre os dias 26 de fevereiro e 2 de março, o levantamento foca os setores de comércio e serviços. O universo pesquisado é de 56 empresas.

-- Este é o primeiro grande levantamento que traça um perfil da mulher empreendedora em nossa cidade. A partir dele, poderemos, como entidade, definir melhor nosso foco e auxiliar mais a mulher empresária em seu ramo de atividade e em negócio – disse Eliane Maia, vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos, entidade à qual a ACI Mulher é ligada.

O estudo ACI Mulher-Unitau revela que as empresas administradas por mulheres na cidade têm, na maioria dos casos, até três anos de existência (32,1%), possuem CPNJ regular (92,9%) e empregam até quatro funcionários (60,7%), ficando na faixa de microempresas, com faturamento igual ou menor a R$ 2,4 milhões por ano (78,6%). São primeiras empresas (51,8%) ou empresas familiares (44,6%).

Mas é sobre o perfil da mulher à frente dos negócios que a pesquisa traz informações mais detalhadas.

Segundo o levantamento, a mulher empreendedora que atua em São José dos Campos tem, em grande parte, de 45 a 55 anos (32,1%), é casada (73,2%), tem dois filhos (39,3%). Em relação ao grau de instrução, 50% das mulheres empreendedoras estudaram até o ensino médio e 42,9% tem curso superior. A pesquisa mostra também que a mulher empresária está satisfeita com o que faz. Em percentual, 100% das entrevistadas responderam que gostam do que fazem e que gostam de empreender.

E mais: pelo levantamento, a mulher empreendedora está otimista. Sobre o futuro de seu negócio, 70,9% disseram que, nos próximos cinco anos estarão expandindo seu negócio, em aumento de produção, serviços ou filiais.

-- A mulher representa hoje uma força-motriz da economia e sua sensibilidade, sua ética e sua dedicação são importantes para arejar o mundo dos negócios -- disse a empresária Paula Dal Belo, presidente da ACI Mulher.

Mesa-Redonda

A mesa-redonda “Liderança Feminina nas Empresas e nos Negócios” reúne amanhã à noite no Teatro do Sesi três mulheres de destaque: a coronel Eliane Nikoluk, comandante regional da Polícia Militar; a empresária Rogério Córdoba, do Bar do Coronel; e a superintendente regional da Caixa Econômica Federal. Ágata Janjacomo. O evento começa às 19h e o ingresso é 1 litro de óleo vegetal, que será doado ao Fundo de Solidariedade de São José dos Campos. O Teatro do Sesi fica na avenida Cidade Jardim 4389.

Mais informações:

Nathália Barcelos: (12) 98835-8369

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Pesquisas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.