Por ACISJC Em Noticias

São José entra na briga por fábrica de gigante farmacêutica e oferece área no Parque Tecnológico

Uma reunião foi feita na última semana na cidade de Toledo, no Paranpa, sede oficial da empresa, com a participação do secretário de Gestão Administrativa e Finanças do governo Felicio Ramuth (PSDB), José de Mello Correa.

São José dos Campos entrou na briga para receber uma fábrica da empresa Prati-Donaduzzi, gigante da produção de medicamentos genéricos do Brasil.

Uma reunião foi feita na última semana na cidade de Toledo, no Paranpa, sede oficial da empresa, com a participação do secretário de Gestão Administrativa e Finanças do governo Felicio Ramuth (PSDB), José de Mello Correa.

Neste sábado, o próprio prefeito tucano usou suas redes sociais para confirmar o interesse e explicar que enviou uma comitiva até a cidade paranaense para oficializar a proposta de uma nova planta em São José. Foi oferecida para a Prati-Donaduzzi uma área de 100 mil metros quadrados no Parque Tecnológico.

“Estamos com um problema bom. Temos vários produtos já aprovados e prontos para serem lançados no mercado em 2019, mas já atingimos nossa capacidade produtiva. Precisamos de uma nova fábrica para continuar crescendo", disse o diretor-presidente da empresa, Eder Fernando Maffissoni.

Fonte: OVALE

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por ACISJC, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.